Dieta do guerreiro paleo: dá para ganhar massa e perder gordura ao mesmo tempo?

Pesquisando sobre ganho de massa muscular eu encontrei a dieta do guerreiro. Na verdade tenho buscado por um modelo alimentar que seja o melhor para mim, e nessa jornada compartilharei minhas descobertas e experimentos.

A  dieta do guerreiro idealizada por Ori Hofmekler para ganho de massa limpa, tem como premissa a manipulação hormonal de GH (hormônio do crescimento), Testosterona e Cortisol  de forma natural (sem usar drogas anabolizantes).

O método da Warrior Diet promete disparar a fabricação de hormônios e enzimas que aceleram a queima de tecido adiposo, durante cerca de 8 horas do nosso dia, semelhante ao efeito da dieta cetogênica. Para isso Hofmekler sugere fazer apenas 1 refeição por dia, a noite, preferencialmente antes de dormir, pois segundo as pesquisas do autor
a comida ingerida a noite, desde que rica em proteínas, pode ser muito melhor metabolizada pelo nosso corpo.

Segundo o livro, pesquisas médicas constataram que esse procedimento faz com que as reservas de glicogênio permaneçam abastecidas, e que aconteçam vários picos de testosterona e gh durante os exercícios, que devem ser executados durante o dia. Outra vantagem para o crescimento muscular é que o acúmulo de ácido lático por um longo período, eleva os pulsos de GH. Entre outros estudos, destacam-se as pesquisas dos métodos de treinamento e alimentação dos  Navy Seals (marinha americana), conhecidos por seu alto nível de eficiência e também a pratica árabe do jejum.

Na dieta  proposta por Hofmekler, o consumo de grãos é incentivado e a gordura animal parece não ser muito bem vinda. Porém, penso que é possível usar realizar alguns ajustes e usar as vantagens dessa dieta, seria algo com uma combinação de jejum intermitente de 24 horas culminando em uma Paleo Carb Nite… =)

Anúncios

O que é Carb Nite ou Carb Back Loading?

Também chamada de recarga de carboidratos, essa é a estratégia  de John Kiefer para conciliar carboidratos de alto IG em uma dieta Low Carb. No meu ponto de vista pode ser uma excelente alternativa para contornar a fissura por doces enquanto você se adapta a um estilo de vida totalmente low carb paleo.

A Carb Nite ou noite dos carboidratos pode ser um grande aliado para quem está começando um estilo de vida low carb paleo. O programa tem basicamente 4 fases:

  1. Indução cetogênica: São  10 dias de dieta ultra low carb, mantendo a ingestão de carbo abaixo de 30g por dia. Nesse período o corpo vai se adaptar para obter energia através da gordura.
  2. Noite do carboidrato (Carb Nite): Na noite do 10° dia a partir das 17h você pode começar a se deliciar com doces, chocolates, batatas fritas, etc, até a hora de dormir. Os alimentos ricos em amido (starchy foods) estão liberados! Mais do que isso são recomendados.
  3. De volta ao programa: No dia seguinte você retoma a dieta ultra low carb, mas desta vez por apenas 7 dias. Uma vez por semana você pode ter uma noite do carboidrato.
  4. Manutenção: Quando seu percentual de gordura estiver abaixo de 10% (será mesmo possível?!) você poderá precisar de 2 Carb Nites por semana para manter sue metabolismo e sua massa muscular.

Parece tentador e realmente pode funcionar para algumas pessoas, mas é preciso ter atenção aos detalhes:

  • Você realmente precisa comer menos de 30g de carbo por dia ou corre o risco de engordar, principalmente pela manhã, se você consumir mais de 30g de carbo pela manhã, você compromete capacidade de queimar gordura durante todo o dia
  • Você terá melhor resultado se a Carb Nite coincidir com o dia que você treina, melhor ainda se treinar no final da tarde e iniciar a recarga ao fim do treino, por volta das 17h
  • Recomenda-se ainda não consumir o glúten, por ser alergênico, mas o açúcar está liberado
  • A carb nite é uma noite ao final do ciclo ultra low carb, não um dia todo.
  • O melhor horário para treinar é das 15:00 às 18:00h

Existem ainda algumas variações dessa dieta, como o Carb Back Loading que visa o ganho de massa muscular, com detalhes específicos para praticantes de musculação, que inclui o uso de suplementos como o whey protein no pós treino. As variações são feitas de acordo com o dia e horário do treino, como por exemplo:

  • Se o treino é feito à das 15-18h  você pode tomar um shake de whey com  malto no pós treino e seguir comendo carbos  de alto IG até a hora de dormir
  • Se o treino é feito antes 15h  você pode tomar um shake de whey com  malto no pós treino, mas a noite deve ser carbos menos açucarados como arroz e batatas
  • No dia em que não houver treino, o carboidrato deve ser incluído somente no final da noite, como uma sobremesa antes de dormir

O livro tem muitas informações, mas se baseia basicamente na ideia de que o uma vez que  o corpo esteja ceto-adaptado a noite de carboidratos não terá efeito de engorda.